Capacete: WaveCel ou Mips?

person Postado por: Gaiabike list na: Dicas Bicicleta no: comment Comentários: 0 favorite Hit: 213

No ciclismo, muitas vezes, o nosso corpo é a única proteção. Devido à frequência das quedas, o uso de capacete é indispensável. Desta forma, ter um bom capacete pode ser a pequena linha que te separa entre a vida e a morte em caso de acidente.

Em 2001 surgiu a tecnologia MIPS. Pesquisas realizadas vieram comprovar que os impactos na cabeça não são linearmente de cima para baixo mas sim com alguma angulação. O sistema MIPS simula uma proteção similar à natural do cérebro através de uma camada fina de plástico colocada entre a cabeça e o capacete. Assim, quando ocorre um acidente, essa camada desliza e dissipa o impacto.

A WaveCel é uma estrutural celular dobrável que reveste o interior do teu capacete. É uma tecnologia exclusiva da Trek e funciona como uma zona de deformação que absorve a força do impacto antes de este chegar à tua cabeça. Segundo a Trek, com apenas mais 53g no peso total do capacete esta tecnologia é capaz de diminuir em 48 vezes a chance do ciclista ter uma concussão.

waveCel Trek

Foi realizado um estudo entre três capacetes com diferentes tecnologias: um capacete simples, um com tecnologia MIPS e outro equipado com WaveCel. Os três capacetes foram testados com um impacto de 17,28 km/h (velocidade exigida nos testes de capacete segundo as normas dos EUA) em ângulos de 30º, 45º e 60º.

Concluiu-se através deste estudo que, o capacete normal é eficaz relativamente a lesões no crânio mas não tão eficiente em lesões cerebrais. Por outro lado, tanto o capacete com tecnologia MIPS como o equipado com WaveCel demonstram potencial na redução da aceleração rotacional no impacto. As diferenças dessas duas tecnologias em relação ao capacete comum, realça a necessidade de pesquisa e desenvolvimento nessa área específica.

Independentemente da tecnologia é importante que te protejas. Vê a grande variedade de capacetes que temos para ti e protege-te!

Ver capacetes

Tags: Equipamento

Comentários

Nenhum comentário neste momento!

Deixe o seu comentário